Deixa a vida me levar?

Existem momentos na vida que ficamos meio perdidos, não é?
Eu já tive muitos desses momentos, normalmente acontecem quando a gente não sabe o motivo da nossa real existência. Quando a gente simplesmente sobrevive em vez de viver a vida. Sobreviver é deixar a vida nos levar, continuamente, como diz a própria música de Zeca Pagodinho. Há momentos que temos sim que deixar a vida nos levar, não temos controle da vida o tempo todo. Mas devemos sim ter controle do destino que queremos chegar. Quando a gente estabelece um propósito de vida a nossa vida se torna muito mais relevante do que simplesmente sobreviver. As frustrações do dia-a-dia, que são normais e não estão no nosso controle, perdem a importância, e a vida ganha relevância. Você já pensou porque você existe? Quais são seus maiores sonhos, quanto você está disposto a fazer para realizá-los? Se não você quem? Se não agora quando?
“A vida é muito curta para ser pequena! ” dizia O filósofo inglês Benjamin Disraeli.
Eu mesmo quando consegui, depois de muita reflexão identificar meu propósito de vida, ganhei um fogo interno indescritível. Daquele dia em diante coloquei meu propósito em tudo o que faço, seja na vida pessoal, seja na vida profissional.
Quero te ajudar de alguma maneira a pensar em seu propósito, aliás, isto faz parte importante do meu livro, Stand Up Reflexivo e de minhas palestras. Fique atento que no próximo artigo falarei sobre como encontrei meu propósito e como posso te ajudar a pensar no seu!

Felicidade Sempre!

Mau

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *