O que você faz pela felicidade dos outros?

 

Já aconteceu de você chegar num lugar e se sentir mal?

De entrar numa casa, num ambiente, ou estar em contato com uma pessoa, e imediatamente sentir um mal estar físico, como se uma nuvem negra pairasse no local?

Algumas pessoas têm uma sensibilidade maior em relação a isso. Mas ninguém fica imune. Seja através daquela ‘dor de cabeça’ repentina, de uma sensação estranha, de uma tontura qualquer. É como nosso corpo reage quando estamos num lugar com uma frequência diferente da nossa.

Alguns evitam estar nesses lugares. Acreditam que se afastar é a melhor maneira. Mas e se não dá pra se afastar? Já parou pra pensar que contribuir pela felicidade de outra pessoa faz com que todo um ciclo de relacionamentos ao redor dela se sinta melhor? Já parou pra pensar que quanto maior o número de pessoas que se sintam bem ao seu lado, melhor a frequência do planeta?

Pode parecer bobagem, mas a verdade é que quando contribuimos para a felicidade dos outros, na verdade estamos colaborando mais com a nossa. Com nosso bem estar. Porque, quanto maior o número de pessoas felizes,

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *