Você age ou reclama?

O dia começou com chuva – muita gente não saiu da cama. Os reclamões diziam que ia ter trânsito e enchente. E já começaram com o pé esquerdo.
O dia sempre começa com alguma coisa – algum fator externos que pode ou não desestabilizar a gente. Tudo depende da maneira como lidamos com aquilo.

Podemos ser reativos, reagindo aos acontecimentos, e nunca mudando nada ao nosso redor, sem transformar pessoas e lugares. Ou podemos ser agentes de mudança e transformação.

Isso em todos os âmbitos da vida – temos oportunidades ilimitadas de mudar e fazer acontecer. Seja no trabalho, nos relacionamentos interpessoais, nos negócios, na saúde.
Temos oportunidade de olhar para aquilo que nos desestabiliza e incomoda e modificar.

Podemos transformar tudo. O que não dá é ficar estático e reclamando.
Na vida, conhecemos todos os tipos de pessoas. Aquelas que não ligam para o que acontece do lado de fora, e conseguem se manter positivas e harmônicas, faça chuva ou faça sol. Conseguem transitar por lugares distintos sem se importar com o que dizem e o que falam. São pessoas que moldaram comportamento e mente para se blindar da negatividade.
E por outro lado, tem pessoas viciadas na desgraça. Gente que se alimenta de noticiários ruins, que vive uma vida sangrenta sem nem viver. Só por acompanhar notícias, pensar em coisas absurdas, no pior que pode dar errado, independente do que vier.

A vida é muito curta para ficarmos reclamando ou deixando que as nuvens nubladas façam sombra no nosso dia a dia.
Acredite que se você começar a não se deixar contaminar por fatores externos, você pode começar a contagiar positivamente as pessoas.
E tudo melhora a partir de então.
Que tal tentar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *