Você tem metas de vida?

Muitas das frustrações em projetos pessoais vem justamente da falta de objetivos e metas.

Há o dito popular que afirma:

Se você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.

Saber onde quer chegar é um passo fundamental.
Estabelecer objetivos claros e detalhados bem como metas para atingir estes objetivos são passos determinantes.

Ao mesmo passo você deve ter a disciplina para lembrar diariamente de seus objetivos e metas, tê-los conectados a um plano de ação com atividades e atitudes que irão permitir que você avance.

Por outro lado, sem utilizar isto como desculpa, você deve preparar seu mind-set para perceber os avanços e não se frustrar caso não atinja suas metas no tempo determinado.

O não atingimento de seus objetivos não deve ser jamais o motivo de desistir deles. Seja neste programa ou em qualquer coisa da sua vida.
Contente-se primeiro com pequenos avanços, sem se acomodar.

Coloque foco em mudanças de hábitos, na criação de novos hábitos saudáveis. Melhore sempre, ajuste, reveja prazos e metas e continue avançando.

Cuidado também para não festejar demais uma meta ou objetivo cumprido ou superado no prazo determinado. Assim como uma frustração pelo não cumprimento pode nos desmotivar a ponto de desistirmos dos nossos sonhos, um sucesso repentino também pode fazê-lo.

Como falamos no início desta obra, objetivos são mais amplos, em geral de médio prazo.

Vamos utilizar como exemplo o famoso projeto verão. Sempre que chega a primavera, todos começam a pensar no projeto verão. Este é um objetivo: Estar em forma para o verão.

Para cumprir este objetivo você deverá traçar metas, mês a mês.
Metas mensuráveis, desafiadoras porém possíveis, específicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *