Cinco lições que o Carnaval nos dá

Algumas épocas do ano são mais festivas que as outras. Até quem não curte Carnaval confessa – a alegria de ver o bloco passar, o samba rolar e a vida mais colorida, é contagiante.

Por isso, elencamos cinco lições que o Carnaval nos dá:

Dançar é um remédio pra alma

É difícil ficar parado quando tá todo mundo dançando. Mas e quando tá todo mundo parado, você é capaz de continuar dançando?
Dançar, além de ser uma atividade prazerosa, é um remédio para a alma. Pode perceber as crianças – por que elas dançam com facilidade?
Porque dançar é deixar seu corpo ser espontâneo. E não é todo mundo que tem a capacidade de ser espontâneo no dia a dia. Dançar a vida, conforme o ritmo das coisas.

Lentamente, quando tudo pedir calma. Com swing quando as coisas pedem flexibilidade. Sincronizado, quando quem determina o ritmo é outra pessoa..

Quando cair, levante

E, mesmo que você caia, tem que ter jogo de cintura pra levantar depois conforme a música. Na vida, é assim!

Se escolheu alguém pra beijar, beije sem ligar para o que todo mundo pensa

Muita gente deixa de fazer o que gosta, ou beijar quem tem vontade, com medo do que os outros vão pensar. No Carnaval, ninguém tem essa preocupação.
No dia a dia ninguém deveria ter. A boca é sua e você beija quem você quiser!

Se não tem companhia, você é sua melhor companhia

Se tomar aquele caldo da vida, não perca a classe. Mergulha e levanta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *