Como você se sente?

Talvez você ainda não tenha percebido, mas na vida tudo tem a ver com a maneira como você se sente.
Todas as decisões que toma são baseadas nisso.

Você quer ter saúde porque você se sente bem com saúde, e só percebe a ausência da saúde quando está doente – e automaticamente se sente mal.
Você quer uma vida financeira estável porque se sente bem quando pode fazer as coisas que ama – e quando o dinheiro falta, se sente mal. Você quer ser feliz, na verdade, porque felicidade te faz bem. E infelicidade te faz mal.

Sendo assim, quando você tem sentimentos ruins, eles refletem que sua vida tá da maneira que você não quer que esteja. E teu foco fica ali, naquilo que está mal. Isso gera mais sentimentos ruins, e você acaba percebendo que sua vida está cada vez mais do jeito que não deseja.

Por que estou falando isso? Porque essa semana estou fazendo uma campanha ‘pra mudar a vibe’ da galera. E por que você tem que mudar a maneira como se sente?
Porque os bons sentimentos movimentam todas as coisas que você deseja e as trazem para você. Isso é explicado através da física quântica. Não tem nada de sobrenatural ou místico. Se você é daqueles que vivem dizendo que vai ser feliz quando isso ou aquilo acontecer, quando conseguir um emprego X, quando for promovido, quando tiver grana para tal coisa, quando puder viajar..’, além de nunca ter nada disso – porque você está colocando uma condição para ser feliz – está limitando sua potência e sua capacidade de extrair felicidade do momento atual.

A lógica é a seguinte – primeiro irradie felicidade para receber mais felicidade. Se existe uma fórmula mágica, essa é a fórmula. Pra ter uma coisa, você precisa emanar isso. E quem está no comando da sua vida é você. Você é o condutor – você que controla sua mente, seus sentimentos e você pode colocar hábitos na sua vida e reforçar pensamentos positivos que te levem à felicidade.

Como você se sente hoje?

Se mudar a maneira como se sente hoje, já vai mudando as possibilidades de ser feliz amanhã. Acredite. Muda hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *