Sua turma te puxa pra baixo ou pra cima?

Outro dia estava lendo um estudo interessante.

Quanto mais nos cercamos de pessoas felizes, maior a probabilidade de sermos felizes.

Isso porque o pesquisador conseguiu comprovar a teoria de que uma pessoa é facilmente influenciada pelo seu meio. E se ela está num meio onde todas as outras pessoas estão raivosas, reclamando, brigando, a probabilidade dela ser contagiada é maior do que se ela estiver num ambiente onde as pessoas estão em harmonia e felizes.

Se ela convive diretamente com essas pessoas, quanto mais pessoas positivas ela conviver, maiores as chances dela ser positiva. E assim sucessivamente.

Num gráfico, ele inclusive colocava tudo numa nova perspectiva, mostrando como é verdade que os semelhantes se atraem. Os grupos acabam se unindo por causa dessa afinidade natural. E assim, vão se fortalecendo em suas crenças.

Uma pessoa mais ‘alto astral’, dificilmente vai se sentir bem num lugar com a energia baixa, gente reclamando e de mal com a vida. O contrário também acontece. O rabugento e pessimista dificilmente anda com pessoas positivas e otimistas.

O ditado ‘diga com quem andas que te direi quem és’ vale muito bem aqui.

Sabendo disso, é hora de rever se vale a pena aquelas companhias que te puxam pra baixo e fazem você se sentir mal o tempo todo, ou se, já que o ano está apenas começando, é hora de selecionare naturalmente os novos amigos ou as pessoas com as quais quer ter uma interação maior.

Lembre-se: aves da mesma plumagem voam juntas. Sempre.

E, agora, isso está mais que comprovado. Voe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *