Você vive uma eterna quarta feira de cinzas?

Muita gente extravasou no Carnaval. O grito tava entalado. O corpo pedia felicidade.
Ela tava ali, dentro de cada pessoa, esperando pra sair pra fora. O que muitos não perceberam é que estavam sem ver a alegria há tanto tempo, que quando se deram o direito de vestir uma fantasia e pular Carnaval, se sentiram um pouco melhores.

Só que chega a quarta feira de cinzas, e, com ela, a vida real. Uma certa depressão pós Carnaval.

Afinal, por que o dia a dia não pode ser tão festivo? Tão colorido ou alegre? Por que o dia a dia da maioria das pessoas parece uma quarta feira de cinzas – Cinzento e monótono.

Só que não dá pra ser assim. Claro que o dia a dia tem que ter todos os tons. Temos dias que estamos bem, e em outros nem tão bem assim. É normal sentir tristeza, medo. Mas o que não é normal é sentir isso todo dia.
É viver com medo, viver triste, achando que a vida é injusta, sem tentar repensar quais atitudes estão fazendo com que sua vida tenha se tornado assim tão chata.

Não dá pra apontar o dedo pra tudo e dizer que as coisas estão ruins porque ‘Deus quis assim’, ou ‘que você é uma vítima dos acontecimentos’.
Não.
Você tem todo o direito de escolher.

Tudo.

Só que nos tornamos reféns de crenças limitantes. De coisas que nossos pais nos disseram, de falsas seguranças. Achamos que a segurança é sinônimo de felicidade, mesmo quando ela nos faz bem infeliz.

Então, como sair dessa?

Quando dirigimos distraídos pela estrada, acabamos nos perdendo, ou passando da entrada certa. Depois acabamos perdendo muito tempo tentando fazer o retorno. Tudo isso porque não demos atenção ao mapa. Não calculamos a rota.

Portanto, o desafio da semana é que você dedique pelo menos uma hora dessa semana para traçar um mapa da sua vida, escrever, desenhar, sonhar. Pensar um pouco em como se vê daqui um ano, cinco, dez. E se isso te trouxer um desconforto porque está longe demais da sua realidade, relaxe. Esse desconforto vai ser a mola que vai te mover para longe da zona de conforto. Se você ignorá-lo, continuará infeliz.

Se daqui um ano você quer estar empenhado num projeto, a hora de começar é agora. E se der pelo menos um passo por dia, já está se movendo em direção ao seu sonho. Um passo. Um único passo é o que é preciso para tudo se mover.

Não vale a pena passar a vida toda numa quarta feira de cinzas.
A vida pode ser bem mais colorida que isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *